sexta-feira, 24 de julho de 2009

"Eu parado na porta às quatro da manhã. Você indo embora. Eu me perdendo então desamparado entre cinzeiros cheios e garrafas vazias. Você indo embora. Eu indeciso entre beber um pouco mais ou procurar uma beata em plena devastação ou lavar copos bater sofás guardar discos mastigar algum verso adoçando o inevitável amargo despertar para depois deitar partir morrer dormir sonhar quem sabe. Você indo embora."

Saudade de Audrey Hepburn
Caio F.

Um comentário:

viviane disse...

Daniel Braga, adorei esta sua paixão literária por Caio Fernando Abreu - ele era o "Kara". Também amei o blog. "Zero grau de Libra",por exemplo é lindo,profundo e atual.
Realmente me apaixonei por suas insignificâncias literárias...tão parecidas com as minhas. Obrigada por estes momentos, pequenas epifanias em meu dia a dia. Viviane. Deixo meu e-mail:anelimatanz@yahoo.com.br